fbpx

O que é e qual é a importância da transformação digital para a sua empresa

consultoria de negócios
A importância da consultoria para pequenas e médias empresas
14/04/2018
atendimento de excelência
Você sabe como encantar seus clientes apostando em um atendimento de excelência?
16/05/2018

O que é e qual é a importância da transformação digital para a sua empresa

presença digital
 

A partir do aparecimento dos fortes adventos tecnológicos nos últimos anos, muitas empresas tiveram de se reinventar – e todo recomeço demanda por originalidade, boa vontade e adequação de acordo com a realidade de cada instituição.

Um dos primeiros pontos a serem levados em conta nesta transição fica por conta da experiência do cliente. Com a proximidade entre marca e consumidor final, o cliente se tornou naturalmente mais exigente.

Não adianta, ele quer ser ouvido. Mais: ele quer ter uma boa experiência na sua empresa.

Atrelado a tudo isso, mas ainda em primeiro plano, também há a questão da concorrência – concorrência essa que não é medida somente em quantidade, mas também em qualidade.

O “digital”, por sua vez, é o que vem separando as grandes das pequenas corporações (se não em tamanho, em postura. Em destaque).

Nesta etapa, no entanto, é mais do que válido destacar que transformação digital em tudo tem a ver com aumento da produtividade e, por consequência, melhorias na geração de lucro.

Por todas essas razões, confira, a partir de agora, os tópicos de maior relevância a respeito das transformações digitais possíveis de serem realizadas em seu espaço produtivo a partir de já:

Cuidado com as redes sociais

É óbvio que marcar presença nas redes sociais é fundamental para que a sua empresa se comunique, de fato, com o público-alvo traçado.

No entanto, muitas empresas acabam confundindo o conceito de posicionamento digital com a pura e simples abertura de uma fanpage no Facebook, por exemplo. Errado.

Por mais que o canal seja um excelente elemento interativo entre público e empresa, não basta estar somente associado a ele em períodos de exigência nua e crua por adoções de culturas digitais propriamente ditas – e que devem nascer do zero na maciça maioria dos casos.

Ainda neste contexto, é mais do que preciso entender quem é o seu público. O que ele faz, do que sobrevive, onde trabalha, quais são seus hobbies, enfim.

Todas as informações a respeito dele podem ser essenciais para que a comunicação entre vocês seja mais acertada e, a partir daí, as relações passem a ter mais valor – não somente financeiro, mas também de durabilidade.

O digital proporciona isso.

“Ok, mas por que devo investir na transformação digital da minha empresa?”

Se você está se perguntando isso neste exato momento, não se preocupe, pois você não está só. Muitos profissionais, inclusive, têm se portado de maneira cada vez mais resistente com relação às mudanças protagonizadas neste cenário como um todo.

Como a sua demanda é diferenciada, é necessário compreender que, em pleno 2018, mais de 90% dos dados disponíveis no planeta foram criados nos últimos 24 meses. Com relação aos dispositivos móveis, por exemplo, são mais de 7 bilhões espalhados pelo mundo todo.

Ou seja, lojas físicas estão sendo, de maneira cada vez mais intensa, transportadas do universo físico para o ambiente virtual (popular e-commerce).

Para fortalecer ainda mais essa ideia, basta observar a presença dos aplicativos no dia a dia de todos os usuários.

Tirando-se o Brasil por base, a maioria de seus habitantes utiliza, com uma qualificada presença, aplicativos como Spotify, Uber e Netflix em suas rotinas.

Por todos esses motivos, estar presente no universo digital – com a inclusão de todos os pormenores desta ação – deve se portar como uma regra mais do que básica a ser cumprida por você e por sua empresa a partir de já.

Se ainda não deu entrada nas movimentações de transição, não perca mais tempo. Se já está se mexendo com relação a isso, continue. Se sua postura digital é consolidada, melhore-a. Há sempre uma nova oportunidade.

O Departamento de T.I. pode ajudar, mas a mudança tem que vir “de cima”

Muitas empresas (independentemente do segmento) acreditam que apenas as instituições ligadas ao sistema de Tecnologia de Informação devem se transformar para receberem o “Selo Digital”.

Mais que equivocado, o conceito também pode se interligar ao dado de que as mudanças internas devem partir obrigatoriamente do Departamento de T.I. da própria empresa.

Assim sendo, ambas as informações devem ser repensadas, pois as mudanças devem partir justamente dos líderes da organização que visa o crescimento através dessa transição, que, a qualquer prazo, se coloca como definitiva.

Uma vez que o processo de gestão desse tipo passa em muito por um investimento qualificado, são os próprios gerentes do negócio que devem protagonizar e concentrar essa tomada de decisões rumo ao universo digital.

O cliente é o principal. Sempre.

Conforme já adiantado neste artigo, o foco absoluto de toda e qualquer transformação digital fica por conta da prioridade direta para com o cliente.

Ele quer ser ouvido, quer ter sua rotina melhorada e, sobretudo, quer encontrar o melhor serviço pelo valor mais acessível.

O que baliza estas preferências não é somente a concorrência – que existe no mercado desde os primórdios das negociações – mas é também a facilidade na aquisição das informações a respeito de um ou outro produto/serviço.

Um exemplo clássico a respeito dessa conduta pode ser observado nas avaliações a que os espaços comerciais são costumeiramente submetidos na web.

É natural que uma marca mal avaliada perca seguidores (e/ou possíveis compradores) após os mesmos notarem más avaliações a respeito de suas práticas nos últimos tempos.

Nos dias atuais, não há mais espaço para o “intermediário”. Ou é digital, ou o fracasso é uma questão de tempo.

Esqueça as burocracias e, a partir de já, invista na transformação digital da sua empresa!

Muitos profissionais acabam não concluindo as transformações digitais dos seus espaços produtivos por meras questões burocráticas (como as observadas nos meios de T.I., investimentos em canais diversos de comunicação com o cliente e derivados).

No entanto, aplicar boa parte dos recursos da transformação digital pode, principalmente a longo prazo, causar benefícios e lucro sem precedentes às instituições que a realiza.

Para contar com uma consultoria especializada em transformação digital, entre em contato com nossa equipe no botão abaixo ou se quiser saber mais detalhes sobre o serviço, acesse aqui!

 

 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *