fbpx

Marketing no facebook | Aproveite o maior banco de dados de pessoas do mundo

marketing no linkedin
Linkedin | Uma oportunidade real para o crescimento do seu negócio
24/12/2018
marketing no twitter
Marketing no twitter | Aproveite todas as vantagens dessa plataforma
14/01/2019

Marketing no facebook | Aproveite o maior banco de dados de pessoas do mundo

marketing de facebook
 

Como fazer marketing no Facebook: você sabe?

As estatística comprovam: o Facebook é, sem qualquer sombra de dúvidas, a rede social mais popular do Brasil.

Atualmente, mais de 50 milhões de usuários acessam a plataforma em busca de informações relevantes e quede fato podem trazer alguns benefícios para as suas rotinas.

A níveis mundiais,por outro lado, este índice é obviamente ainda mais robusto e chega às duas bilhões de pessoas que possuem conta na rede social de propriedade do já conhecido internacionalmente Mark Zuckerberg.

Se partirmos deste pressuposto, chegaremos à seguinte reflexão: “se o Facebook contempla a presença de tantas contas e pessoas físicas, por que não fazer com que minha empresa também se consolide nesta rede social?”

Caso você também tenha se “auto questionado” a respeito disso, saiba que este artigo foi criado única e exclusivamente para você.

Nos próximos parágrafos,faremos questão de mensurar os pontos que não podem ficar de fora de sua estratégia de vendas no Facebook.

Portanto, se porventura você atuar em uma startup, ocupar um cargo de relacionamento, de gerência ou simplesmente colaborar corporativamente enquanto um analista de marketing, compreenda de uma vez por todas que é para você que fizemos questão de desenvolver todas estas dicas.

Confira:

Segmentação e público

Não há como tratarmos das ações de marketing atreladas ao Facebook sem que, em contrapartida, possamos sequer mensurar as vantagens inerentes a esta rede social.

Neste caso, também não há como negar que as primeiras – e porque não principais – delas dizem respeito à segmentação do público que, neste caso, receberá seus conteúdos com maior frequência e direcionamento.

Neste contexto, lembramos que o sistema interno e de armazenamento de dados do próprio Facebook permite que os anúncios sejam direcionados para pessoas com características exclusivas.

Sendo assim, são os seguintes fatores que se apresentam como passíveis de personalização/segmentação:

  • Gênero;
  • Idade;
  • Profissão;
  • Renda;
  • Interesses.

Isto é, caso seus produtos e/ou serviços sejam majoritariamente destinados às pessoas que integram as classes mais abastadas em níveis financeiros, saiba que, com o Facebook, você poderá chegar até elas com a maior direção e o mais absoluto dos profissionalismos.

Já no que diz respeito ao público-alvo de seu negócio, você precisa se lembrar que, em pleno 2018, é simplesmente uma generosa fatia da população (cerca de 25%) que possui conta no Facebook.

Ou seja, é extremamente possível que o público-alvo de seu negócio esteja, por que não, na rede social mais popular do Brasil.

Custos e consistência

Enquanto um empreendedor de pequeno ou médio porte, você já deve ter ouvido falar a respeito da propaganda via panfletagem ou via impressão de banners e flyers, não é mesmo?

Melhor ainda: caso você já tenha se envolvido em uma estratégia desse tipo, quais foram os seus resultados?

Independentemente de sua resposta, saiba que, com o Facebook,seus desempenhos de cunho propagandísticos e/ou publicitários podem ser ainda melhores.

E afirmamos isso sem qualquer tipo de medo ou restrição por que, na prática, acreditamos que são dois os pilares por trás desta avaliação: custos(baixos, neste caso) e consistência (que, nesta ocasião, também pode ser sinônimo de periodicidade).

O que queremos dizer com custos baixos? Queremos dizer que, com pouco investimento, é possível, sim,criar uma campanha eficiente nesta rede social.

Se estendermos esta comparação para o universo do off-line (representado mais uma vez pelos panfletos, pelos flyers, pelos banners e pelos demais elementos de similar perfil), chegaremos à conclusão de que investir no Facebook vale muito mais a pena do que não se render à esta poderosa plataforma.

Já o conceito de consistência, por sua vez, em praticamente todos os seus meandros se enquadra no que é popularmente conhecido como periodicidade.

Isto é, de nada adianta investir pesado nos anúncios do Facebook se, em contrapartida, sua rede de contatos é baixa ou, pior, se seus conteúdos são inadequados.

Facebook Ads e mensuração de resultados

Facebook Ads nada mais é do que o nome dado à plataforma de anúncios direcionados que se encontra dentro do próprio Facebook. Como não poderia deixar de ser, no entanto, esta consiste em uma base de dados que possui vantagens e desvantagens.

Isto é, enquanto as vantagens fazem alusão à segmentação que já comentamos ao longo deste artigo, as desvantagens dizem respeito aos momentos em que o sistema pode se tornar mais caro em comparação à outras técnicas de vendas via redes sociais.

Neste cenário, é bom que se diga,praticamente todos os detalhes de sua campanha dependerão de seus reais objetivos mercadológicos e/ou de posicionamento corporativo.

Já no que trata da positiva mensuração de resultados que deve basear sua conduta propagandística associada ao Facebook, a rede social se destaca por, na prática, conseguir lhe oferecer os seguintes dados estatísticos:

  • Quantas pessoas visualizaram seu anúncio;
  • Quantas delas clicaram em seu conteúdo;
  • Quantas se cadastraram para receber suas informações com exclusividade.

Páginas, grupos e spam

Não há como darmos números finais a este relevante conteúdo sem que, em contrapartida, possamos tratar a respeito de três diferentes pilares que também conferem sustentação ao Facebook sobretudo a partir do momento em que a plataforma é vista sob uma abordagem corporativa. São eles: páginas, grupos e spam.

Enquanto as páginas representam a base mais indicada para que sua empresa venha a se posicionar de maneira assertiva e efetiva nesta rede social, os grupos consistem em ferramentas que, principalmente quando abertas, geram um alto volume de engajamento.

Por outro lado, pode se apresentar como algo de extrema dificuldade que você consiga o monitorar em níveis de comentários,compartilhamentos e dispersão de informações.

Por fim, mas não menos importante por conta disso – muito pelo contrário-, se faz mais do que indicado que possamos tratar a respeito do spam.

Spam, neste caso, é sinônimo de conteúdos mal quistos na rede (ou que simplesmente são ignorados pelos usuários de uma maneira generalizada).

Quanto a eles, vale lembrar que o Facebook conta com um algoritmo que se responsabiliza por “filtrar” o que chega e o que não chega à tela do usuário.

Ou seja, conteúdos com pouca ou nenhuma relevância vão sendo para trás por aqueles que de fato colaboram para a experiência dos demais integrantes da rede.

E aí? Gostou de saber mais a respeito das ferramentas de marketing atreladas ao Facebook? Se sim, não deixe de construir sua estratégia na rede.

Ao seguir esta espécie de passo-a-passo, saiba que seus resultados tenderão a ser os melhores possíveis.Pense nisso. Aplique!

 

 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *