fbpx

Compra de mídia – como acelerar os seus resultados online

métricas de marketing
Métricas de Marketing – O que não é medido, não pode ser melhorado
10/10/2018
atendimento de qualidade
Cultura Organizacional: incorpore em sua empresa e colha os benefícios
24/10/2018

Compra de mídia – como acelerar os seus resultados online

compra de mídia
 

Você pretende obter resultados em curto prazo? Pois então invista em compra de mídia!

Partindo-se do pressuposto de que o conceito de Inbound Marketing se baseia majoritariamente no interesse voluntário de pessoas que se mostram a fim de adquirir produtos e/ou serviços de suas preferências, é natural que, na prática, algumas plataformas possuam o intuito de acelerar esse processo. Uma delas é a compra de mídia (que também pode ser chamada de mídia paga).

Nos últimos tempos, as redes sociais (com ênfase destacada ao Facebook e ao Instagram) passaram a veicular cada vez menos anúncios orgânicos (que não são apoiados em investimentos) e, em contrapartida, começaram a conferir um maior destaque aos links classificados como “patrocinados”.

Com isso, a mídia comprada passou a ganhar cada vez mais força e, atrelado a ela, a definição das personas e do estágio do funil em que elas se encontram também começou a se apresentar como uma espécie de canal viável o suficiente para sustentar a tese de que a compra de mídia pode, sim, ser um acerto.

Como um de seus principais diferenciais, a mídia paga se caracteriza por oferecer resultados rápidos e qualitativos para as empresas que apostam em sua aquisição.

Diferentemente do que ocorre com as publicações orgânicas, que demandam por um engajamento mais “natural”, os posts patrocinados normalmente se diferenciam por chegar a um maior número de pessoas.

Por todas essas razões, alguns motivos se colocam como capazes de basear a ideia de que a compra de mídia pode ser benéfica para determinadas instituições. Confira os principais deles:

  • Maior índice de tráfego;
  • Resultados mais ágeis;
  • Identificação e segmentação de público;
  • Liberdade de investimento;
  • Detalhamento de resultados.

Atraia mais pessoas para o seu site/blog

Atrair o maior número possível de pessoas para o seu site/blog é essencial para que o seu posicionamento mercadológico comece a ganhar um positivo destaque.

Se esse diferencial for alcançado em pouco tempo, então, melhor ainda. Para cumprir esse papel, portanto, poucas plataformas são mais eficientes do que a mídia paga.

Principalmente para as empresas que ainda são classificadas como iniciantes em todo esse processo, a compra de mídia pode ser sinônimo de um maior alcance em uma menor quantidade de tempo.

Por outro lado, todos os públicos de sua prévia segmentação precisam ser munidos de materiais ricos – isto é, conteúdos que de fato façam diferença em suas rotinas.

Ainda nesse campo, vale relembrar a máxima publicitária que diz que “um milhão vezes zero é igual a zero”. Ou seja, em nada adianta preparar um material rico de qualidade (como um e-book com dicas sobre um determinado produto ou serviço, por exemplo) se, na prática, esse conteúdo não chega às pessoas certas.

O estágio final desse “funil inicial”, por sua vez, consiste na conquista de leads. Isto é, o anúncio pago é realizado com base em um link.

Esse, por consequência, pode ter como destino um blog, um site ou até mesmo uma landing page criada única e exclusivamente para captar leads.

O poder da rapidez

Se partirmos do princípio de que a empresa que realiza investimentos de mídias pagas busca atingir (e mensurar, é bem verdade) seus resultados de uma maneira absolutamente rápida, poucas plataformas podem ser mais eficazes do que a própria geração de links patrocinados.

Em alguns casos, algumas corporações investem cerca de R$ 20 ao dia em Facebook Ads e, ao final de uma simples semana, conseguem medir as centenas de leads que puderam ser gerados na ação.

Ou seja, trata-se de uma escolha perfeita para os empresários que pretendem obter resultados rápidos, quantitativos e, por que não, simultaneamente qualitativos.

Você sabe quem é seu principal público-alvo?

Um público é diferente do outro e, no caso das redes sociais, essa mesma regra se aplica. Ou seja, antes de investir em mídia paga, é essencial que você conheça verdadeiramente quem são as pessoas que compõem o público-alvo de suas medidas comerciais.

Aliás, é também através dessa prática que você deve ser capaz de medir que perfil compõe a persona de seu negócio.

Mesmo assim, é válido destacar que, caso você ainda não conheça seu público de maneira nua e crua, alguns testes deverão nortear a formação desse perfil.

Nesses casos, divulgar produtos “A” e “B” e mensurar qual deles é capaz de agradar mais a seu público primeiro pode se apresentar como uma das alternativas capazes de serem úteis nesse processo.

Por fim, faixa etária, gênero e localização também precisam se apresentar como fatores relevantemente levados em consideração ao longo desses testes.

Já no que tange às redes sociais que contam com uma maior variabilidade de definição de público-alvo, as principais delas podem ser representadas pela seguintes lista:

  • Facebook Ads;
  • Google Adwords;
  • Linkedin Ads.

Quanto é que você tem para investir hoje?

Os investimentos em mídia paga variam de caso para caso, mas, em todos eles, a quantia pode ser definida pelo próprio empreendedor (ou por sua agência de marketing).

Para tal conclusão, a escolha deve ser pautada no tipo de investimento que será realizado. Nesses casos, a plataforma oferece custos por lead e custos por cliente.

Ainda nesse contexto, também é necessário que o ROI (retorno sobre o investimento) seja analisado de tempos em tempos.

Caso seu resultado esteja sendo positivo, a tendência natural é a de que você consiga, de maneira gradativa, elevar o índice de investimentos.

Por fim, alguns padrões também podem servir de sugestão para os “marinheiros de primeira viagem”.

No caso do Facebook, por exemplo, o investimento de R$ 20 por dia e ao longo de uma semana é mais do que suficiente para a compreensão de alguns resultados da campanha.

Facilitada análise de resultados

Com o objetivo de encerrarmos este artigo com chave de ouro, não há como deixar de tratar que, por trás de toda compra de mídia, existe a sua recorrente e facilitada mensuração de resultados.

Isto é, ao longo do período em que a campanha se dá, seus resultados podem ser mensurados de maneira extremamente detalhada.

Em termos de exemplos, os seguintes aspectos podem ser compreendidos no decorrer dessas análises:

    • Tráfego;
    • Geração de leads;
    • Envolvimento;
  • Vendas

Você tem ferramentas fantásticas na mão, as quais você pode atingir inúmeros  possíveis clientes ao preço de um xis salada. 

Vejo muita gente reclamando das mudanças feitas pelas redes sociais (principalmente o facebook) onde o alcance orgânico diminuiu drasticamente, porém isso é ótimo pois assim “varre” os amadores do mercado e quem está ali para jogar sério e não especular vai conseguir muitas oportunidades.

Se você pretende montar uma estratégia de compra de mídia de maneira profissional, os profissionais da Impulsione Negócios podem lhe auxiliar, entre em contato clicando no botão abaixo e vamos conversar sem compromisso sobre as suas estratégias digitais. 

 

 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *